eventos e notícias

Encontro Anual de Rádios Salesianas da América
Foto: Divulgação

Nesta segunda-feira (18), representantes das rádios salesianas da Argentina, Colombia, Paraguai, Equador, República Dominicana, Brasil e Bolívia estiveram reunidos para um momento de encontro e formação. A abertura do Encontro Anual de Rádios da América contou com a participação do Conselheiro Mundial para as Comunicações Sociais, Pe. Gildásio Mendes dos Santos, o qual agradeceu a presença de todos e destacou a importância das rádios no contexto atual.

 

Na programação do encontro, três palestras discutiram temas importantes para o contexto atual das rádios. A Doutora em Estudos de Comunicação pelo Programa FCT, coordenado pela Universidade do Minho (UM), Professora da Universidade Federal do Ceará e facilitadora, Kamila Bossato Fernandes, abordou a temática “A experiência do podcast As Cunhãs e o aumento do consumo de plataformas de áudio na pandemia”. Segundo a docente, é preciso criar um caminho de comunicação pautada pela verdade. “Concordo com o que o Pe. Gildásio falou. Nós precisamos estabelecer essa comunicação de qualidade e compromisso com a verdade e com os direitos sociais. Sobre os podcasts, acredito que são novas formas, novos espaços, para compartilhar conteúdo, e hoje os ouvintes escolhem aquilo que desejam consumir”, afirmou a professora.

 

Em seguida, a Mestre em Teologia Sistemática pela PUC-RS e Diretora-Executiva da Rede Salesiana Brasil de Comunicação (RSB-Comunicação), Ir. Márcia Koffermann (FMA), trouxe o tema “Comunicação na perspectiva da vivência do ‘sacramento salesiano’ da presença”. De acordo com a Ir. Márcia, um dos desafios da missão salesianas é retornar a Dom Bosco, como já nos exortava o Pe. Pascual Chávez durante o seu reitorado. “Somos chamados à presença entre os jovens - isso é o sacramento salesiano da presença – a estar presentes na realidade concreta do povo, nas alegrias e tristezas do cotidiano; e (a estar presentes) nas periferias humanas e existenciais, entre aqueles que mais sofrem”, refletiu Koffermann.

 

Finalizando as palestras, o Delegado Inspetorial para a Comunicação Social da Inspetoria do Nordeste, Pe. João Carlos (SDB), abordou o tema: “A Salesianidade no ecossistema comunicativo das rádios”. O comunicador trabalhou quatro dimensões da Salesianidade: Comunidade Educativa; Missão educativa e pastoral; Pedagogia do Sistema Preventivo e Espiritualidade juvenil e popular. “As rádios salesianas devem colocar no centro, as pessoas dos ambientes populares, com atenção às novas gerações, à família, e estimular à participação”, afirmou o Pe. João Carlos.

 

Entre os encaminhamentos finais estiveram: a eleição de um representante de cada país, o qual irá reunir sugestões que serão enviadas ao Dicastério de Comunicação, além da criação de uma linha editorial de jornalismo, que paute as emissoras. A reunião contou com a mediação da Referente Regional das Rádios da América e Jornalista da FM Dom Bosco, Jocasta Pimentel, e também esteve presente no evento a Delegada Inspetorial de Comunicação Social para América Central e Panamá, Zaida Navarrete.

 

Na oração final - conduzida pelo Pe. Ricardo Campoli, membro da Equipe do Dicastério de Comunicação Social - ele agradeceu pela contribuição e vida advindas de cada uma das rádios salesianas, pois, pela Comunicação, elas mostram o rosto e a presença de Dom Bosco.

 

Fonte: Agenzia Info Salesiana