eventos e notícias

Festival tem inscrições prorrogadas
Foto: Divulgação

O entusiasmo em torno do Festival Global De Cinema Juvenil Dom Bosco (Don Bosco Global Youth Film Festival - DBGYFF) é crescente e contagiante, e já remete plenamente ao primeiro objetivo do festival, que é fomentar, entre os jovens, uma mensagem de Esperança que inflame o mundo inteiro. Por isso, os organizadores do primeiro festival mundial de cinema salesiano decidiram estender o prazo para o envio das obras.

 

No festival, promovido pelos Salesianos de Dom Bosco (SDB) por meio da Fundação Dom Bosco no Mundo, serão considerados todos os vídeos enviados por meio do site até o dia 15 de outubro – mais de duas semanas de prorrogação em relação ao prazo inicial. Mas esta não é a única novidade: a menos de dois meses do festival - previsto para a os dias 18 e 19 de novembro de 2021, contemporaneamente em vários locais do mundo, avançam em ritmo acelerado os trabalhos por trás dos bastidores.

 

“O portal do filme www.dbgyff.com/pt deu início a um novo capítulo dos nossos serviços para a juventude. O front-end do site facilita o acesso do usuário, enquanto a parte back-end foi customizada e utiliza tecnologia nuvem de vários recursos para receber automaticamente os perfis de usuários, os filmes de diversas categorias apresentados por jovens de todo o mundo e, além disso, serve de apoio para os júris, que farão a avaliação de várias partes do mundo”, explica o responsável técnico do DBGYFF, Pe. Maria Lawrence. “Trata-se de um sistema robusto, construído para garantir a pluralidade de línguas, culturas e países, tanto para os participantes quanto para o júri, garantindo que a tecnologia favoreça a participação”, acrescenta.

 

Além disso, está sendo realizada nestes dias a nomeação dos membros do Júri Preliminar, selecionados por recomendação dos Delegados de Comunicação Social de todo o mundo. Os jurados, divididos em grupos, têm a missão de visionar cada conjunto de vídeos e fazer uma primeira seleção, para então enviá-la ao Grande Júri, que posteriormente definirá as classificações e atribuirá os prêmios. Os jurados – cujos nomes serão publicados no site – terão uma difícil tarefa, uma vez que a participação de todo o mundo salesiano, é muito alta, seja em número quanto em envolvimento.

 

Até o momento a plataforma do festival - www.dbgyff.com/pt - já recebeu vídeos de todas as categorias (curtas ao vivo, curtas de animação, videoclipes) da Itália, Espanha, Índia, Peru, França, Coreia do Sul, Irlanda, Guatemala, Bélgica, Uganda, Paquistão, Armênia. O vasto interesse despertado pela ação também se pode confirmar por meio de outros detalhes, como por exemplo, as várias candidaturas recebidas de crianças e jovens com menos de 15 anos ou de adultos com mais de 30, que estão fora das categorias aceitas. Este fato, porém, acaba por pressionar os organizadores quanto à previsão de novas categorias de competição para as próximas edições.

 

Referindo-se à resposta dos jovens, o Diretor do festival, Pe. Harris Pakkam, disse: “Recebemos feedbacks de mais de 100 países; a resposta dos nossos jovens tem sido realmente entusiasmante! É muito motivador vê-los tão envolvidos na criação de algo para o festival e expressarem seu desejo de ser Embaixadores de Esperança. A plataforma do festival foi pensada justamente para ampliar suas vozes e reuni-los nesta nobre causa”.

 

Até mesmo dentro da Congregação, a iniciativa DBGYFF despertou o desejo de participar: muitos dos vídeos foram realizados graças ao acompanhamento de salesianos, de instituições salesianas e de Inspetorias, que apoiaram seus jovens num caminho que é, acima de tudo, uma forma de presença e proximidade aos jovens. Um caso à parte é o dos curtas realizados por salesianos jovens, Filhos de Dom Bosco, que respeitaram os requisitos para enviar suas criações multimídia: já consta uma dezena de vídeos apresentados por salesianos jovens em formação. De fato, os organizadores do festival estão pensando em estabelecer um ‘Menção Honrosa’, especial, aos melhores curtas dessa nova "categoria".

 

O Pe. Ricardo Campoli, responsável pela promoção do DBGYFF, diz: “Os jovens da América, África, Ásia, Europa e Oceânia uniram-se positivamente para dar vida e vigor a este Festival. Cerca de 20 jovens do nosso meio, de várias partes do mundo, estão promovendo o festival nas redes sociais em quatro línguas: italiano, inglês, espanhol e português. Pressinto que esta será uma festa muito grande para todos os nossos jovens”.

 

Fonte: Agenzia Info Salesiana