eventos e notícias

Espetáculo Dança no Museu reúne centenas de pessoas em apresentação gratuita
Sediado pelo Museu das Culturas Dom Bosco, evento conta com mais de 15 grupos de dança de Campo Grande

O Grupo de Dança Ararazul, da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB), abriu o espetáculo “Dança no Museu – Emoções 2019” realizado na noite do último domingo (8), na laje do Museu das Culturas Dom Bosco, com a coreografia “Para todo fim, um novo começo”. O evento, que também contou com outros 18 grupos de dança de Campo Grande, foi uma realização da UCDB, por meio da Área de Cultura e Arte, em parceria com a Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS).

 

“O Dança no Museu não é um espetáculo somente para o grupo Ararazul da UCDB, mas para todos os grupos de dança de Campo Grande que queiram se apresentar”, destacou o coordenador da área de Cultura e Arte da UCDB, Profº. Roberto Figueiredo.

 

Ele lembrou ainda que o evento deu uma pausa de dez anos, mas que durante esse ano recebeu muitas ligações e mensagens solicitando o retorno das apresentações no Museu. “É o reconhecimento de um projeto muito bom, pois se passaram tantos anos e o pessoal ainda lembra”, destacou.

 

A chuva começou ao final da terceira coreografia, mas as apresentações tiveram continuidade dentro do Museus das Culturas Dom Bosco e o público prestigiou os diferentes ritmos. “O tempo prejudicou um pouco, mas a gente viu a dedicação do grupo, principalmente quando começou a chuva, a entrega deles para realizar o número, achei muito bacana. O som estava perfeito, o espaço é muito legal. Esse evento tem que fazer parte da agenda de shows de Campo Grande, pelo menos umas duas vezes no ano”, disse o empresário Mário Pedroso, que acompanhava as apresentações da Avenida Afonso Pena.

 

O veterinário Eduardo Ferraz veio preparado com capa de chuva e trouxe a família para ver a apresentação da filha e também dos demais grupos. “A iluminação estava boa, as músicas empolgantes e cheias de energia”, disse o veterinário.  A família curtiu até a última apresentação, que ficou por conta do grupo Ararazul, com a coreografia “Emoções”, mostrando o amor de José e Maria à espera do menino Jesus.

 

O Pró-Reitor de Pastoral e Assuntos Comunitários, Pe. João Marcos de Araújo Ramos, acompanhou todas as danças. Além do Ararazul, outros grupos também participaram: Armazém 67, Atelié de Dança, Estúdio de Dança Beatriz de Almeida, Colégio Dom Bosco, Duo Escola de Dança, Funk-se, Espaço de Dança, Hana Aysha Danças Árabes, Isadora Duncan, Kerubins, Luna Negra Cia. de Dança Gitana, Nova Geração, Sôma Cia de Dança, Tez Cia. de Dança, Tocando em Frente, Conexão Urbana, Hands UP MS e Movimento de Rua.

 

O anfitrião da noite, grupo Ararazul, composto por 16 integrantes, neste ano, foi vencedor do principal prêmio de dança de Mato Grosso do Sul, o Onça Pintada, nas categorias Contemporâneo Conjunto Sênior e Jazz Conjunto Sênior. Também conquistou o prêmio no Passo de Arte, de Indaiatuba (SP) no Contemporâneo Sênior.

 

“Para 2020, estamos nos programando para realizar a próxima edição do Dança no Museu em agosto ou setembro”, reforçou o coordenador da área de Cultura e Arte.

 

  

 

Para conferir mais fotos do evento, clique aqui.

 

Fonte: UCDB