eventos e notícias

Alunos do IMA acompanham de perto o dia a dia de um Jornal
Alunos do IMA Rio do Sul na visita ao Jornal Diário do Alto Vale

Conforme o estudo sobre gênero informativo, abordado na disciplina de Língua Portuguesa, as turmas do 8º ano do Instituto Maria Auxiliadora – IMA Rio do Sul – realizaram uma visita ao Jornal Diário do Alto Vale. Na ocasião, os alunos viram de perto como são produzidas as notícias e reportagens, como as pautas são definidas e como se dá o funcionamento de um Jornal.

 

A visita foi incentivada pela professora de Língua Portuguesa, Fernanda Petry Vieira Steibach, com o intuito de agregar atividades práticas ao aprendizado da disciplina.

 

Os alunos produziram uma matéria a respeito do IMA, que completou 90 anos no dia 12 de fevereiro. O texto foi uma proposta de trabalho das aulas extras de redação, com a supervisão e orientação da professora Fernanda. O grupo, formado por Milena Furlani Schmitz, Sofia Kemper Detzel, Júlia Mara da Silva, Yussara Fernanda Colonia Lorenzo e William Schmitz, definiu a pauta, conversou com suas fontes e montou o texto a seguir:

 

No dia 12 de fevereiro deste ano, o IMA (Instituto Maria Auxiliadora) de Rio do Sul completou 90 anos de história e não passou por esses anos todos facilmente, enfrentou grandes desafios, sendo um deles o incêndio de 2004, que destruiu metade da estrutura da instituição. Em conversa com a senhora Lindamir Luciana Schneider da Silva, antiga funcionária da escola, foi possível conhecer detalhes deste triste episódio ocorrido em nossa escola.

 

O incêndio se iniciou com um curto circuito em um televisor na madrugada do dia 09 de agosto de 2004, entre meia noite e 2 horas da manhã. O fogo destruiu cerca de 50% da estrutura do prédio, sendo a recepção, diretoria, capela, tesouraria e salas de aula. Segundo Lindamir, não houve feridos, apesar do fogo ter sido muito forte tanto que a água dos bombeiros não fora suficiente e tiveram que conectar as mangueiras na piscina, que existia na época, para que fosse completamente apagado.

 

Os alojamentos das irmãs não foram atingidos pelas chamas, mas as senhoras ficaram realmente abaladas com o ocorrido. Outra rotina prejudicada foi a dos alunos daquele ano, as turmas a partir do 5º ano continuaram com as aulas na Unidavi de Rio do Sul, conforme diz Lindamir.

 

A reconstrução teve início em outubro do mesmo ano, que foi paga com a ajuda de seguros e de dinheiro arrecadado por meio de doações de pessoas. Também um pedágio ocorrido no dia 11 de setembro com a colaboração de funcionários e da Associação do Corpo de Bombeiros Voluntários de Rio do Sul, que auxiliou na reconstrução.

 

A reinauguração aconteceu no dia 25 de fevereiro de 2005. Após a reconstrução, o IMA continuou contando, nos anos seguintes, com várias melhorias como a criação do berçário e do projeto contraturno, novo laboratório de ciências, cantina, reforma do espaço da educação infantil e parquinho para as crianças.

 

Hoje, o IMA olha para o passado podendo orgulhar-se de sua trajetória, sendo uma escola que passou por essa grande dificuldade e conseguiu, com o esforço da Rede Salesiana e apoio da comunidade, se reconstruir e oferecer um ambiente ainda melhor para seus alunos e funcionários.

 

Fonte: Comunicação e Marketing - IMA Rio do Sul